Navegue
por categorias

Bikes são parceiras ideais para aventura em meio à natureza

Andar de bicicleta é uma das primeiras coisas que aprendemos quando começamos a ter mais noção da vida e da nossa individualidade. É como se fosse o primeiro desafio que todos encaramos em se tratando de limites de corpo e mente. É neste momento também que passamos a conhecer melhor - mesmo que inconscientemente - nossas capacidades de equilíbrio e concentração e o gosto pela sensação de liberdade e aventura. Quem nunca ouviu a frase: “Ninguém desaprende a andar de bicicleta”?

A bicicleta é, atualmente, o elemento principal de sete modalidades esportivas praticadas em meio à natureza. Desde as mais tranquilas, que trazem maior envolvimento e interação com o local onde se pedala, até as mais radicais, que contam com obstáculos e disputas acirradas, todas têm em comum a necessidade de resistência física, autoconhecimento e paixão por aventuras.

Conheça mais sobre as modalidades atuais mais conhecidas e amadas do ciclismo:

Cicloturismo (Ciclismo de Estrada)

O cicloturismo é uma prática que se torna cada vez mais comum no Brasil. Trata-se, como bem diz o nome, de uma nova forma de viajar: sobre duas rodas! Além de saber sobre a resistência física, o cicloturista também precisa ter bom conhecimento do caminho, das pistas e noções de como lidar com sua bike. Mas esta é uma modalidade que ganha cada vez mais adeptos por possibilitar uma nova visão e interação com lugares e culturas. A chegada em um novo destino sobre uma bicicleta possibilita novos olhares e sensações. Na Holanda, por exemplo, é uma prática bastante comum, uma vez que a bicicleta é um dos principais meios de transporte da população como um todo. No Brasil está crescendo e ainda tem muito espaço para isso.

Ciclismo de Pista

O ciclismo de pista é praticado nos conhecidos velódromos, que são as pistas especialmente preparadas para competições de bicicletas que contam com curvas, obstáculos, subidas e descidas. Em vários lugares, os velódromos são construídos em locais abertos como praças e parques, oferecendo aos atletas a possibilidade de estar em contato com a natureza local.

Ciclismo de Montanha

Já o Ciclismo de Montanha (ou Mountain Bike - como é mais conhecido no Brasil), diferentemente do Ciclismo de Pista, não tem um espaço montado especialmente para a prova, pois ela consiste essencialmente em superar obstáculos e irregularidades de um certo percurso escolhido, que pode ser em estrada de terra, trilhas, montanhas e até espaços específicos dentro de parques nas cidades. São centenas de desafios nos caminhos, que incluem subidas, desníveis, descidas, acidentes geográficos, pedregulhos, troncos, mato, lama, etc.

Dentro desta categoria, há diversas modalidades que exigem do atleta muito conhecimento de seu corpo e da bicicleta, resistência e habilidade:

1. Cross Contry

Dentro desta modalidade de corrida de Mountain Bike, há duas vertentes: Maratona e Olímpica. A primeira delas envolve longos percursos e altíssima resistência, pois os atletas precisam enfrentar o cansaço de uma prova que pode durar até três horas em terrenos relativamente simples com poucos obstáculos e baixa dificuldade. Já na Olímpica, os trechos são menores, porém com mais obstáculos e que devem ser repetidos por um determinado período de tempo. Para isso, os atletas devem ter uma alta capacidade energética, resistências física e psicológica altas e grande habilidade para superar os obstáculos.

2. Downhill

O Downhill é uma modalidade de Mountain Bike que envolve tempo e também habilidade, pois seu objetivo é realizar a descida de um percurso no menor espaço de tempo possível. As montanhas são os locais mais comuns para a prática deste esporte e a interação dos atletas com o meio ambiente se dá de uma maneira intensa e repleta de adrenalina.

3. Free Ride

É uma das modalidades mais amadas dentro do cenário do ciclismo extremo. Como diz o nome, o principal elemento do Free Ride é a liberdade. “Free”, em inglês, significa livre, por isso, a pedalada não conta com nada regrado ou objetivado. Aqui, o atleta está livre para realizar suas manobras na trilha escolhida, que pode contar com obstáculos naturais ou criados. Mas, apesar de não ser regra, a maioria dos ciclistas do Freeride mesclam velocidade, saltos e outras manobras radicais, desafiando sua ressistência e habilidade.

4. Enduro

A modalidade Enduro mistura descidas radicais e íngremes, subidas extensas, ribanceiras desafiadoras, manobras e saltos e longas distâncias a serem pedaladas. Portanto, trata-se de uma modalidade que exige concentração, habilidade, equilíbrio, velocidade e resistência, além do alto nível de competitividade.

5. Bike Trail

O Bike Trail tem sua origem nas tradicionais competições de motocicleta e é praticado ao redor do mundo. Nele, os atletas devem ultrapassar obstáculos naturais e também artificiais sem estabelecer nenhum tipo de contato com eles, ou seja, sem deixar pés e mãos encostarem no chão no momento das manobras. Esta modalidade exige do atleta, além da resistência e habilidade, muito equilíbrio e técnica.

Vai lá

http://www.cbc.esp.br/

abeta naui worldadventuresociety radiobandeirantes bandnewsfm canaloff 4x4brasil ajanelalaranja adventuremag aventurebox blogdescalada overlanderbrasil cinemark colunadeturismo diariodoturismo extremos feirasenegocios gazetaesportiva guiaviajarmelhor gpm hoteliernews istoe istoedinheiro /revistaecoturismo macamp nadapedalacorre overlanderbrasil portadeembarque qualviagem revistaviajemais travejante Vagabundo.Profissional viajaresimples viajandoporesporte viva-saude webventure woohoo fagga saopauloexpo
Local do Evento
SÃO PAULO EXPO
Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5
São Paulo, Brasil
COMERCIAL
+55 11 5067-1717 | 1770
comercial@adventurefair.com.br
INFORMAÇÕES, DÚVIDAS E SAC:
FALE CONOSCO
+55 11 5067-1717
+55 11 5067-1770
Atendimento: 09h às 20h
contato@adventurefair.com.br
Dúvidas:
COMPRA DE INGRESSO
SAC: Clique aqui
+55 (11) 4003-2051

Trade e Convidados
CREDENCIAMENTO
+55 (11) 2129-6323
credenciamento@credenciamentoweb.com.br